2006/02/23

Frida Kahlo no CCB, em Lisboa

De 24 de Fevereiro a 21 de Maio estarão em exposiçção no CCB em Lisboa, 26 obras provenientes do Museu Dolores Olmedo, no México, onde se encontra a maior colecção mundial da artista.
Esta exposição incluirá também uma colecção de fotografias e objectos pessoais pertencentes àquele museu mexicano e que oferecem um registo da vida da artista desde a infância até à sua morte.



Passados 52 anos sobre a sua morte, a pintura de Frida Kahlo (1907-1954) continua a despertar o interesse do público devido à sua arte controversa e à história da sua vida, marcada pelo sofrimento físico devido à doença e por amores difíceis.
Entre 1926, quando pintou o seu primeiro auto-retrato, e a sua morte, quase trinta anos depois, Kahlo produziu cerca de duas centenas de quadros.
A relação amorosa com o pintor muralista mexicano Diego Rivera despoletou ... (continua aqui)



Frida e Diego Rivera (seu marido)


Auto-retrato (dedicado a Trotsky, 1937)


As duas Fridas(1939. Divórcio de Rivera)


Raizes (1943)

A coluna partida (1944)

A Corçazinha

1949

3 comentários:

MONALISA disse...

Fui ver ontem e recomendo.

Micas disse...

Gosto imenso de Frida Khalo, já tive a oportunidade de ver uma exposição em Colónia. A não perder, sem dúvida. A mim resta-me espreitar virtualmente ;)
Beijinho

Isabel Magalhães disse...

Ainda não me dispus a fazer os 10 mins que me separam do CCB... :)

Gosto do trabalho da artista - que já vi noutros museus - e que não quero perder.

Continuo sem entrar no puxapalavra... quero tanto agradecer o destaque dado ao meu trabalho... :)

Um []